• Postado por Tiago

Motoristas imprudentes continuam provocando acidentes como esse da foto

Onze pessoas perderam a vida nas estradas catarinenses no final de semana. Foram oito mortes nas rodovias federais e estaduais e duas no perímetro urbano da Grande Florianopolis. Entre os acidentes, cinco foram registrados nas rodovias federais que cortam o estado. A polícia rodoviária federal catarina atendeu a 137 acidentes de sexta-feira a domingo, que mandaram pro hospital 60 pessoas feridas.

O porradaço que mais mandou gente pro além rolou por volta das 4h30 de domingo, na BR-101, em Porto Belo. Dirigindo uma motoca de Itapema, Eliton Luiz de Souza, 27 anos, e a passageira, Patrícia de Souza, 23, morreram depois da cabrita ser porreada na traseira pelo Vectra de André Luiz Muer. A caroneira morreu no local, enquanto o Eliton foi levado pro hospital, mas não resistiu aos ferimentos. O motora do possante foi preso após soprar o bafômetro, que apontou que André tinha tomado umas a mais antes de pegar a estrada. Ele pagou fiança e foi liberado em seguida.

Já em Palhoça, Rosildo Antônio Bernardino, 25, morreu após bater a sua Belina de frente com o Golf de Marcos Aurélio da Silva, 32. O dono do Golf sobreviveu, mas foi levado em estado grave pro hospital regional de São José. A batida rolou na tarde de sábado, também na BR-101. Na Via Expressa Sul, em Florianópolis, Robert Franc, 23, e Fernanda Machado Araújo, 19, também morreram num porradaço no findi.

  •  

Deixe uma Resposta