• Postado por Tiago

A justa condenou ontem, dia 21, Gilson Adriel Ferreira de Moraes à pena de 13 anos de cadeia em regime fechado, pelo assassinato de Janderson Willian da Costa, no dia 30 de novembro de 2005, na Servidão Santa Vitória, no centro de Floripa.

O julgamento rolou sem a presença do traste, que tava preso no Presídio Masculino da Capital aguardando julgamento, mas siscapuliu em 9 de setembro do ano passado. O júri foi possível porque houve mudança na lei, que agora permite sua realização sem a presença do acusado, mesmo que se trate de crime inafiançável.

Segundo os autos,o assassino, juntamente com mais uma pessoa, cuspiu fogo contra a vítima, que morreu no local sem nem entender o que tava rolando. Para a acusação, o crime foi praticado de surpresa, já que Gilson atingiu Janderson no momento em que este estendeu a mão para cumprimentá-lo.

  •  

Deixe uma Resposta