• Postado por Tiago

INTERNA-_abre_construção-civil-2_foto-arquivo-ABR

Construção civil vai ajudar a alavancar o emprego no ano que vem

A criação de pelo menos 1,1 milhão de novos empregos neste ano. É o que calculam os sabichões do Ministério do Trabalho. ?Aos que me chamavam de otimista, eu errei. É mais do que eu imaginava. É mais de 1 milhão de empregos?, sigaba o ministro Carlos Lupi. Para 2010 a estimativa é ainda melhor: algo em torno de dois milhões de novos trampos.

Carlos Lupi acredita que setores como a construção civil e a indústria alimentícia terão destaque na geração de empregos do ano que vem. ?Temos todos os preparativos para a Copa do Mundo de 2014 na área de infraestrutura urbana, na área de transporte, que vão crescer, e, consequentemente, a área de indústria. Mas, principalmente, vamos ter muito crescimento de produtos alimentícios?, calcula.

Esta semana, o técnicos do instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas (IBGE) divulgaram a taxa de desemprego no Rio de Janeiro, São Paulo, Porto Alegre, Belo Horizonte, Salvador e Recife, consideradas as seis principais regiões metropolitanas do país. Em setembro, o desemprego ficou em 7,7%. O resultado animou o ministro exibidão Carlos Lupi, já que a taxa de desemprego de setembro diminuiu em relação ao mês de agosto, que foi de 8,1%.

Esse foi o menor índice desde dezembro do ano passado, quando a marolinha da crise internacional molhou a bunda dos empresários brasileiros e começaram as demissões.

  •  

Deixe uma Resposta