• Postado por Tiago

Exatos 739.645 trabalhadores de baixa renda não foram sacar os R$ 465 a que têm direito de abono salarial e o motivo é simples: eles desconhecem esse benefício. Isso ficou provado ontem quando o ministro do Trabalho, Carlos Lupi, ligou aleatoriamente para três desses trabalhadores. Todos responderam que não sabiam que tinham direito ao abono salarial do PIS/Pasep que todo ano disponibiliza o valor equivalente a um salário mínimo para o trabalhador que, no exercício anterior, trabalhou pelo menos um mês com carteira assinada, ganhando, no máximo, a remuneração equivalente a dois salários mínimos. 

O problema, explicou o ministro, é que se esses trabalhadores não forem buscar o dindim até 30 de junho perderão o benefício. A grana não retirada volta ao patrimônio do Fundo de Amparo ao Trabalhador (FAT).  

A partir de 11 de agosto começa o calendário de pagamento do PIS/Pasep referente ao exercício 2009/2010. O cronograma de pagamento é por data de nascimento e vai até 30 de junho do próximo ano. Recebem primeiro os trabalhadores nascidos em julho. Para sacar os recursos, o trabalhador deve comparecer a uma agência da Caixa Econômica Federal levando junto a carteira de identidade.

  •  

Deixe uma Resposta