• Postado por Tiago

abre-p2-Chefs-de-Barra-Velha---Festival-Gastronômico

Chefs vão preparar pratos caprichados a preços camaradas

?Sabores de Barra Velha?, o primeiro festival gastronômico da cidade, já nasceu pensando grande. Antes mesmo do lançamento, marcado para hoje à noite, no restaurante Ático Estação do Sabor, na praia de Itajuba, os chefs foram clicados nos points mais bonitos da city e figuram no livreto que traz um suculento roteiro dos restaurantes, além de dados econômicos e históricos de Barra Velha. Tudo para bombar o turismo e divulgar pro povão mais uma opção de lazer para os dias de folga.

O núcleo gastronômico do evento é formado pelos restaurantes Siri, Ático, O Pirão, Butiá, Sítio, Alles Blau, Chef Brasil Sushi Bar, Ros Meri, Butiá Bar e Cia, Forno a Lenha, Hibisco Choperia e a confeitaria Doce Sabor. Cada estabelecimento criou um prato especial, que vai custar entre R$ 20 e R$ 30 para um casal saborear, acompanhado de uma boa taça de vinho que combina com a criação.

Alguns dos pratos que já ?vazaram? para a imprensa foram o ?Robalo com tomate?, ?raclete suíça?, (um prato com queijos parmesão, serrano e asiago derretidos), ?brownie com sorvete?, e ?salmon Hibisco?.

O participante que degustar um dos pratos em qualquer dos estabelecimentos ganha uma ficha de avaliação e ainda concorre à hospedagem para duas pessoas no hotel Flamboyant, para o feriadão de Sete de Setembro, durante a 13ª Festa Nacional do Pirão.

Rola também um bônus de mil reales para saborear os pratos da promoção e uma caixa de vinho.

A inspiração de ?Sabores de Barra Velha? veio dos festivais de Gramado, Tiradentes e Paraty, onde os restaurantes divulgam suas criações de forma simpática e atraente; além de agradar a clientela com pratos supimpas a preços camaradas.

Cidades da região, como Navegantes e os municípios que formam a Costa Esmeralda, também seguiram o exemplo neste mês de férias escolares. Já Balneário Camboriú promove o festival ?Sabor? em novembro.

A expectativa dos organizadores é que três mil pessoas compareçam ao evento, que rola até o final de agosto. O número de participantes foi calculado com base no número de clientes que cada estabelecimento recebe ao longo do ano.

Outra expectativa é criar uma cultura de frequentar e prestigiar os restaurantes regionais, afinal, em época de crise, o que nos resta é comer bem. Slép!

Na Costa Esmeralda

Quem é adepta das ?panelas hipnóticas?, como a Dona Fausta, e mora em Porto Belo, Itapema e Bombinhas, não pode perder os cursos digrátis dados por chefs batutas no último fim de semana do festival de gastronomia. Dos 30 cursos oferecidos, nove são na faixa para o público, que pode escolher entre aprender e papar pratos de confeitaria ou culinária italiana. Oh, dúvida cruel!

São três cursos para cada city da Costa Esmeralda, com turmas de 25 alunos. A coordenadora do curso de gastronomia do Senac de Blumenau, Caroline Burghardt, que vai ministrar os cursos, contou que a galera vai aprender a fazer molhos e massas, tortas salgadas e docinhos para festas, entre outras delíciais.

?É importante frisar que os participantes não precisam ter conhecimento em culinária ou gastronomia. São aulas didáticas e práticas, muito fáceis de acompanhar?, acrescentou.

Os interessados em participar devem procurar a secretaria de turismo da cidade onde moram.

No encerramento do evento, no sábado, o destaque será o cozinheiro e apresentador da Record, Edu Guedes, que vai pilotar o fogão e encantar a mulherada com sua fala mansa e seu jeito de bom moço.

Na semana passada, o mulherio já foi ao delírio com o mais brasileiro dos franceses, Olivier Anquier, ex da Débora Bloch, que afirmou não ser um chef, e sim um cozinheiro que gosta de fazer e ensinar pratos simples e saborosos. U-lá-lá!

  •  

Deixe uma Resposta