• Postado por Tiago

ESPECIAL-BAIXO---s---rali-mitsubishi-penha---fotos-felipe-vt---25.07.09-(246)

Mecânicos sofreram pra tirar toda a lama dos carros

Longe do foco das câmeras de televisão e dos flashs dos fotógrafos, os mecânicos fazem um trabalho fundamental pro resultado aparecer dentro das pistas. São eles que têm a responsabilidade de deixar o veículo no jeito pros pilotos se preocuparem apenas em acelerar fundo atrás das vitórias. Na capital do marisco, boa parte da estrutura montada pra Mitsubishi Cup era ocupada pelas equipes e seus mecânicos, responsáveis pelos ajustes, manutenção e reparo dos carros.

É o caso de Adriano Aksman, um dos sete mecânicos da equipe Pro Macchina Rally, que cuidavam dos ajustes de dois veículos da categoria L200 RS. Adriano contou que o pessoal teve muito trabalho na Penha, apesar de ter sido disputada apenas uma bateria. ?Com a pista seca, normalmente nossa função é fazer algum ajuste pedido pelo piloto ou mesmo a substituição de algumas peças. Mas com toda essa lama tivemos que ter um cuidado especial com amortecedores, freios e, principalmente, o radiador, pra não deixar aquecer o motor?, destacou o mecânico, todo cagado com a lama que retiraram dos carros.

Navegador

Outro que não aparece muito, mas que também tem grande importância no rali de velocidade é o navegador. O cara faz todo o levantamento do circuito e dá várias dicas de traçado aos pilotos. ?Com toda essa lama, não tivemos muito o que fazer. Mas normalmente, além de estudar o roteiro da prova, analisamos como o piloto pode melhorar seu tempo em cada bateria, dando sugestões de como entrar ou sair de uma curva, por exemplo?, falou o navegador paranaense Gilson Rocha. E parece que suas dicas dão certo, porque ele é o segundo colocado na classificação geral da L200 RS, junto do piloto Peterson de Oliveira, de Tubarão.

  •  

Deixe uma Resposta