• Postado por Tiago

Toda a papelada terá que ser concluída às pressas, já que a inscrição pra receber a verbinha em 2010 abre no início de fevereiro e fecha em 30 de março. “Tem que existir vontade política. Não pode existir ciumeira ou vaidade”, alertou Valdir.

Um dos apoiadores da proposta, o secretário de segurança peixeiro, Carlos Ely, já faz planos pro dindim. Ele conta que, com essa verba, o município poderia tornar realidade o projeto PM residente, que daria segurança às escolas e ajudaria a montar uma guarda civil comunitária pra atender os bairros. “Vamos nos agrupar e conseguir recursos pra ter direito a cursos de capacitação e projetos que vão melhorar qualidade de vida”, acredita.

Já o secretário de segurança do Balneário, Adelcio Bernardino, está mais empolgado com os programas que são oferecidos pelo Pronasci e propõem retirar a molecada das drogas. “Nosso município não atinge o número de habitantes exigido, mas o problema com as drogas aqui é muito grande e não podemos deixar que chegue a um ponto alarmante”, justificou.

  •  

Deixe uma Resposta