• Postado por Tiago

O Zé da Codetran ficou abismado e disse que não adianta os comerciantes fazerem beicinho porque ele só tá fazendo o que o código de Trânsito Brasileiro (CBT) manda. Pra ele, nem a preocupação com o trânsito justifica a mudança das barreiras. “Eles tão preocupados é com a bebida que vão deixar de vender, nós com a segurança. Se tiver motorista bêbado, vai ser preso em flagrante, a carteira apreendida e só sai da cadeia com fiança”, lascou Zé.

O abobrão já se reuniu com o delegado regional pra acertar os detalhes da operação. As barreiras vão ser feitas nos finais de tarde, todo final de semana, e Zé já adiantou que nem adianta tentar fugir pelo morro, que a Codetran vai estar lá também.

Quem não quiser ficar na barreira da Codetran pode ir de ônibus, a pé, aproveitar a oportunidade e largar de vez a mardita ou fazer como o pintor Godoberto Vieira, 38, que tava tomando uma cervejinha nesta sexta e garante que o segredo é trazer sempre junto um amiguinho ou a esposa que não bebe.

  •  

Deixe uma Resposta