• Postado por Tiago

Uma tragédia marcou o início da manhã de ontem pros lados de Tijucas. Uma moçoila que tentava atravessar a SC-411, no quilômetro 74, na altura da Celesc, foi acertada por um bruto. Como desgraça pouca é bobagem, outro caminhoneiro que vinha logo atrás não conseguiu frear e passou por cima da guria, que partiu dessa pra uma melhor.

O sol nem tinha nascido direito, por volta das 6h da matina, quando Albertina dos Santos Euzébio, 24 anos, encasquetou de atravessar a rodovia. Ela não deve ter calculado direito o tempo que levaria pra chegar ao outro lado, e acabou atropelada pelo bruto Volvo, placa MDC-1862 (Botuverá).

Na rabeira dele vinha outro caminhão, o Agrale, placa MGZ-4591 (São João Batista). O motora pisou no freio e até tentou segurar o bruto quando viu a pobre moça, mas não conseguiu e passou por cima da pobrezinha.

Os motoristas pararam pra prestar socorro, mas não tinha mais nada a fazer pela coitada, que já tinha partido pro além. Os homis da puliça rodoviária estadual foram chamados pra atender a ocorrência, e avisaram aos técnicos do Instituto Médico Legal (IML) de Balneário Camboriú, que recolheram o corpo da coitada. A família de Albertina, que é de Içara, no sul da Santa & Bela, deve pintar hoje na Maravilha do Atlântico pra buscar a pobrezinha.

  •  

Deixe uma Resposta