• Postado por Tiago

Gurizão tava envolvido com o mundo do tráfico faz tempo

Um garoto de 15 anos foi assassinado em frente à sua casa na rua Monte Libertador, no bairro Monte Alegre, em Camboriú. Dois malencarados fizeram a treta e simandaram de ziquinha. A polícia acredita que o crime foi motivado por acerto de contas do tráfico de drogas, já que a vítima era chegada numa pedra do demo. Este é o 20º assassinato registrado na cidade da pedra este ano.

Passava das 21h30 quando dois trastes montados numa bicicleta cruzaram a rua atrás do coitado. O carona da magrela sacou um trabuco e disparou duas vezes contra Lucas dos Santos Becker, 15 anos, que estava parado em frente à sua baiuca. Uma bala atingiu um dos braços e a outra azeitonada entrou pelo pescoço, atravessou e saiu nas costas, sem chance de reação para o coitado. O adolescente caiu na calçada e morreu na hora.

Socorristas do Samu foram chamados, mas quando chegaram não tinha mais nada a ser feito pra salvar a vida do carinha. Peritos do Instituto Médico Legal (IML) de Balneário Camboriú recolheram o corpo e levaram pra perícia. Ontem de manhã, a família levou o rapaz pro velório, em Brusque.

Enquanto todos os atendimentos eram feitos, atirador e comparsa fugiram. A polícia militar foi chamada depois do crime, fez rondas, mas os criminosos já tavam longe. Na vizinhança prevalece a lei do silêncio. Todo mundo jura que não viu ou ouviu nada suspeito.

A polícia civil assumiu a bronca e investiga o caso. Os homisdalei acreditam que o crime tenha sido motivado por acerto de contas da bandidagem. A mãe de Lucas contou aos puliças que seu filhote tava apavorando muito com a drogalhada. O moleque era viciado em crack e tinha passado o dia inteiro de segunda-feira fumando a pedra do demonho. Ele estaria devendo algumas pedrinhas pros traficas da área e acabou pagando com a vida.

No fechamento desta edição, os policiais levantavam a ficha de Lucas pra encontrar novas evidências que pudessem motivar o crime e tentavam identificar os vagabundos que fizeram a desgraceira.

Os tiras contaram que um irmão do gurizote, que não teve o nome divulgado, é conhecido na região por meter assaltos a comércios.

Lucas é a 20ª pessoa a ser mandada pra terra dos pés juntos pela mão da malocada este ano, em Camboriú.

  •  

Deixe uma Resposta