• Postado por Tiago

INTERNA-POLÍCIA---PÁGINOA-CINCO-p---assaltantes-espancam-advogado-aposentado---.jpg-(4)

Bagulhada roubada foi colocada dentro do Audi A6

Um advogado aposentado passou por maus momentos na madrugada de domingo. Ele teve o seu apê invadido por quatro assaltantes mascarados. Os trastes espancaram o véinho de 78 anos, o amarraram e fugiram levando uma carrada de coisas. Ao todo, quatro apês do edifício chiquetoso Paraíso, no centro de Balneário Camboriú, foram roubados.

O roubo no edifício, que fica de frente pro mar, na avenida Atlântica, começou por volta das 3h de domingo. Cinco vadios armados e mascarados renderam o vigia, o amarraram e pegaram as chaves de quatro apartamentos. O prédio é baita chiquetoso e tem apenas um apartamento por andar. Três apartamentos tavam vazios e os putos não tiveram trabalho pra roubar tudo que viram pela frente. Levaram várias televisões, joias e outros trecos de valor que encontraram.

Quando chegaram no último apê, encontraram o advogado aposentado Luiz Fernando Ribeiro de Abreu dormindo. A vítima foi acordada na base da porrada e levou vários chutes e coronhadas na cabeça. Os assaltantes o amararam e fizeram a limpa no apê, onde roubaram mais televisões e joias. A bagulhada roubada foi colocada dentro do Audi A6, placa AIA 0343 (Curitiba/PR), mas antes de fugir no carro do advogado, eles roubaram o computador do sistema de segurança interna do prédio.

Quatro horas depois do roubo, as vítimas deram queixa na depê. A bronca foi repassada pra central de investigação policial de Balneário Camboriú, que começou a procurar os malacos. No início da noite de domingo, os tiras receberam a informação que o Audi tava escondido na rua Panamá.

Os policiais baixaram no local e, por volta das 20h, encontraram a caranga e prenderam dois bandidos envolvidos no crime. Alexandre Neves Sell, 24 anos, e Roger Renam Corrêa dos Santos, 19, foram presos com a boca na botija. Além do carro, a dupla tava com trecos levados dos apês. Os dois foram levados pra depê e fichados por roubo. Os trastes não quiseram abrir o bico em depoimento e não contaram nada à polícia.

Ao consultar o nome dos caras, os tiras descobriram que Alexandre já tem a ficha suja com a polícia e tava pedido por tráfico. No momento da prisão, o tanso também apresentou uma carteira de motora fria e acabou mais encrencado ainda.

Coisa estranha

O delegado André Manoel de Oliveira Filho, que comanda as investigações, diz que tem muitas coisas estranhas neste caso. ?O que chamou nossa atenção é que a guarita do vigia é blindada. Ou seja, os assaltantes tiveram a sorte de render o vigia quando ele estava fora da guarita?, informou.

Outro fator que levantou suspeitas é que Alexandre tem cinco endereços residenciais ? quatro em Balneário e um em Curitiba. Na Maravilha do Atlântico, ele teria casas nas ruas Jamaica, Marrocos, Grécia e Panamá. O cara trabalha como auxiliar de serviços gerais nas horas vagas.Estranhezas à parte, agora a polícia investiga o paradeiro dos outros três bandidos que tão sumidos e também tá atrás das várias tevês roubadas. ?Eram televisões grandes, todas de LCD, então queremos saber onde elas foram parar?, explica o delegado. O dotô ainda afirma que há suspeitas da trupe estar metida em outros assaltos na região.

  •  

Deixe uma Resposta