• Postado por Tiago

ABRE-OITO--p---acidente-filho-spernau-(16)

Acidente com três mortes vai custar caro pra família Spernau

O advogado que representa os filhos de duas vítimas do acidente provocado por Lucas Spernau, 19 anos, no dia 20 de dezembro, vai entrar com um pedincho na dona justa pra que sejam bloqueados todos os bens que tão em nome dele e de seu pai, o ex-prefeito Rubens Spernau (PSDB). A ação também pede uma indenização por danos morais, que pode chegar a R$ 300 mil pra cada criança. Como as vítimas deixaram ao todo sete órfãos, a conta deverá passar dos R$ 2 milhões.

O processo tá sendo movido pelo advogado Gelson José Rodrigues, que foi contratado pra defender os três filhos da manicure Simone Borges Machado, 27 anos, e os quatro pimpolhos de Edival Dias de Oliveira, 38. Os dois tavam no taxi que foi atingido pelo carrão Nissan Infinity pilotado por Lucas, na esquina da rua 2000 com a Terceira Avenida, e morreram na hora. O taxista Natalino Amaral Gomes, 52, o Gaúcho, chegou a ser socorrido mas partiu pro além a caminho do hospital. A única vítima que sobreviveu, Carina da Silva, 22, continua internada no Santa Inês.

Gelson diz que as indenizações pros filhos das vítimas deverão custar caro, porque serão consideradas as circunstâncias do acidente, e o bolso cheio de grana da família Spernau. ?Levando em conta a forma trágica como tudo ocorreu, e o poder econômico do Lucas, a indenização que será calculada pelo juiz deverá alcançar R$ 300 ou 400 mil?, calcula.

É justamente pra evitar que os Spernau se desfaçam de bens, pra tentar diminuir o valor da indenização, que o advogado quer bloquear qualquer tipo de transação. Se o pedincho for aceito pela dona justa, eles vão ficar proibidos de vender qualquer coisa que têm.

Pai também tá ferrado

Nos processos que envolvem o acidente e correm na vara Cível, Rubens é responsabilizado junto com o filho, por ser dono do carro que o moleque dirigia quando provocou a tragédia. Os dois já foram obrigados pela justa, através de uma liminar, a pagar pensão de um salário mínimo pra cada um dos filhos de Simone e Edival. São mais de R$ 3,2 mil por mês, até que as sete crianças completem 25 anos.

  •  

Deixe uma Resposta