• Postado por Tiago

canto-da-pagina-tres---g---ainda-sem-uniforme---Caic-de-BC-(5)

Criançada tá se virando com as roupas de ir à missa, enquanto o uniforme não chega

Tem gente que ainda tá de cabelo em pé com a falta de uniformes pros estudantes da rede municipal de ensino de Balneário Camboriú. A denúncia foi feita há mais de um mês pelo DIARINHO, mas até hoje o perrengue ainda não foi resolvido por causa da boa e véia burocracia. Pra piorar, a alunada também tá sem material escolar.

Como já estamos no meio de maio e de manhã cedo fica frio pacas, alguns alunos tão tendo que improvisar o agasalho com roupichas boas, de ir à missa. Outros que cresceram muito e não tem grana pra gastar com roupa, tão usando calça curta, no melhor estilo de pegar siri.

O mototaxista Nivone Ferreira Bueno, 40 anos, sabe bem o que é isso. Seus três filhotes, de 14, 10 e nove aninhos, vão todo dia pro centro de atenção integral à criança (CAIC) com uniforme improvisado. ?É difícil eles usarem o uniforme do ano passado porque não serve mais. O meu mais velho, deu uma espichada. Não cabe mais nada?, lamenta.

Quem também tá passando trabalho é a dona de casa Rute de Aguiar. Ela teve que gastar o pouco que tem na compra de caderno, lápis e mochila pra sua menina que estuda no colégio Antônio Lúcio, do bairro das Nações. ?Nem uma borracha veio?, reclamou.

Só na metade do ano

Há um mês, o DIARINHO denunciou o problema. Até então, os 13 mil alunos da educação infantil e do ensino fundamental não haviam recebido o uniforme e o material escolar por causa na demora do processo licitatório das empresas contratadas. Outro lance que atrasou a parada foi a mudança de cores. Do amarelo e azul, que lembrava o antigo partido da administração municipal, passou pro branco com azul.

O secretário de educação, Jaime Luis Guth, explica que a treta continua a mesma. ?Todos os anos tem licitação e ela depende de um prazo legal pra receber a amostra e tudo tem que estar dentro da especificação técnica do pregão?, explica. O barnabé acredita que o material escolar seja entregue até o fim do mês.

Já pra meter a mão nos uniformes, o povão terá que ser mais paciente. O secretário afirma que a entrega deve rolar só no mês que vem, ou seja, quando o semestre já estiver pela metade. Ele acredita que as peças de verão e inverno serão entregues juntas.

  •  

Deixe uma Resposta