• Postado por Tiago

Uma mulher tresloucada ligou pro terminal rodoviário Rita Maria, na capital, hoje por volta das 10h e disse que um buso da Flecha Bus, que faz a linha São Paulo-Buenos Aires, na Argentina, tava com uma bomba. A gerência da rodoviária acionou a polícia, que, no local, vistoriou passageiros, bagagens e o latão pra ver se a informação era verdadeira.

Depois de revirar tudo pelo avesso pela turma do anti-bomba e atrasar a partida do ônibus por mais de duas horas, foi confirmado que tudo não passou dum trote. De acordo com o sargento Henrique, lotado na rodoviária, houve um rolo antes da ligação anônima no saguão do terminal. Uma mulher fechou um pau com o marido. Ela não queria que ele fosse viajar pra Argentina. “Provavelmente foi ela sim. Só que como o terminal não tem identificador de chamada, não temos certeza ainda. Ela não queria que ele fosse para regularizar os documentos com medo que ele não voltasse”, comentou. Mas não teve jeito. O homem embarcou no buso e foi pra terra dos hermanos. A polícia agora procura a cabeluda pra saber se foi ela que atravancou a vida no Rita Maria.

  •  

Deixe uma Resposta