• Postado por Tiago

A proibição é temporária, mas já tá valendo. A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) suspendeu em todo o Brasil a veiculação de propagandas de remédios contra resfriado e gripe. O informativo divulgado pela Anvisa informa que a suspensão é necessária como prevenção, já que os medicamentos são capazes de mascarar uma situação de risco, no caso da gripe porca.

A resolução de número 43 foi publicada ontem no diário oficial da união como medida de caráter sanitário. Estão brecadas as propagandas veiculadas em todos os meios de comunicação, inclusive na internet. A proibição vale pros remédios que contenham ácido acetilsalicílico e para os que são vendidos sem receita médica, como analgésicos e antitérmicos.

Para a diretora de vigilância sanitária da Santa & Bela, Raquel Bittencourt, a ação é necessária porque com a aumento dos casos de gripe porca houve um certo abuso dos fabricantes dos remédios que prometem curar a gripe num piscar de olhos. “Nos últimos tempos houve um aumento muito grande das propagandas de medicamentos contra a gripe, principalmente na televisão, o que acaba confundindo as pessoas”, disse.

Raquel explicou que a resolução é repassada do estado pras vigilâncias sanitárias municipais, que têm o dever de monitorar o cumprimento da medida imposta pela Anvisa. “A gente supervisiona e se algum veículo de comunicação não respeitar, ele é notificado”, garante a bagrona. A Anvisa não disse até quando a medida será válida.

  •  

Deixe uma Resposta