• Postado por Tiago

INTERNA-POLÍCIA-PÁGINA-SETE-barco-que-afundou-naufragou-virou-rio-itajai-acu-(1)

Armador entregou o novo projeto de retirada do barco das águas do rio

A Delegacia da Capitania dos Portos de Itajaí aprovou ontem projeto de remoção do barco de pesca Alalunga V, que naufragou sexta-feira próximo à margem direita do rio Itajaí-Açu, nos Cordeiros. Agora só tá faltando o dono da embarcação, Giovani Perciavalle, apresentar o cronograma com as datas e etapas de retirada do barco. O trabalho será feito por uma empresa de Joinville. A primeira etapa será a remoção do óleo que tá nos tanques, evitando explosões e vazamentos.

Perciavalle já tinha apresentado um projeto na segunda-feira, mas a capitania solicitou que fossem feitas alterações. O armador de pesca entregou uma nova proposta, desta vez aprovada pelo comandante responsável pelo investigação que apura as causas do naufrágio, Edilson Vieira Salles. O comandante explica que está dependendo das datas da remoção do barco para que o trabalho comece. O pessoal da capitania quer acompanhar de perto o serviço de reflutuação do atuneiro naufragado. ?Não há um prazo para a remoção do Alalunga V, já que não está atrapalhando o fluxo de barcos que passam por ali?, completa Salles.

Inquérito pode levar 90 dias

O comandante adiantou também que o inquérito que vai apurar as causas do naufrágio deve ficar concluído em até três meses. Com o barco em terra, será feita uma vistoria na estrutura e depois disso serão ouvidos os pescadores e a empresa. ?Só uma investigação poderá apontar as causas do acidente?, explicou o comandante. No dia em que o Alalunga V emborcou, a capitania procurou o mestre do barco para saber o que poderia ter ocorrido, mas ele não soube explicar.

  •  

Uma Resposta to “Aprovado projeto de remoção do barco pesqueiro”

  1. calir Diz:

    Porra se esse e o mesmo mestre, que afundou o outro ALALUNGA VIII , tem mais q mandar embora! da empresa!
    Vai manobrar um jegue bicho burro !

Deixe uma Resposta