• Postado por Tiago

“Aqui se conta, o tempo dá notícias…” é o nome da exposição que a fundação cultural da Maravilha do Atlântico tá abrindo hoje à noite, no Arquivo Histórico, que fica na Terceira avenida, esquina com a rua 2500. A mostra traz as primeiras edições de jornais de Balneário Camboriú, entre as décadas de 1960 e 2000, e, também uma edição do jornal “O Intransigente”, de 1918, e “O Democrata”, de 1919, anterior a emancipação da city.

Outros jornais que vão estar na exposição são A Voz do Litoral, de 1968, O Sol de Camboriú, de 1970, Novo Tempo, de 1984, e o Sol da Praia, de 1986. Na abertura, quem estiver com o bluetooth do celulares ligado, vai poder levar a edição dos primeiros jornais pra casa. A parceria entre o arquivo histórico e a Markblue quer dar uma alternativa ecológica e socialmente responsável de democratizar o acesso aos bens culturais, sem prejudicar a preservação de peças tão raras e frágeis.

E no Itajaí abriu nova exposição no átrio da prefeitura. A mostra de esculturas “Aparente Quietude”, da artista N.Dina, rola até 28 de agosto. O barato da exposição é que as pessoas podem mexer nas peças pra mostrar o equilíbrio entre forças opostas. O material utilizado é o poliutileno, marca registrada da artista. Já no hall do Teatro Municipal de Itajaí, rola a exposição pelos 24 anos da Cia de Teatro Anchienta.

  •  

Deixe uma Resposta