• Postado por Tiago

Dois traficantes do bairro São Domingos, em Navegantes, foram grampeados no sábado à tarde pela polícia militar. Com eles foram encontrados mais de 300 gramas de maconha e toucas feiosas, que seriam usadas em assaltos. A polícia vai investigar a participação deles em outros crimes. Na madrugada de sábado foi a vez de Cristiano Amândio da Silva, 18 anos, o Pato, ser mandado pra trás das grades por tráfico de drogas.

O atraque rolou às 16h, na rua Sérgio Gaya. Os meganhas já tinham recebido várias denúncias anônimas dizendo que a venda de porcarias tava rolando solta no local, que também servia como mocó de bandidos, e resolveram conferir tudo de perto.

Eles deram um atraque na baia indicada pelos dedos-duros e encontraram Paulo Cesar Prates, 30 anos, e Gilson Gonçalves, 24, com cara de quem tava aprontando. Com eles foram achados 322 gramas de marofa divididos em pedaços pequenos, prontos pra serem distribuídos entre os viciadinhos de plantão.

No local também tinha algumas toucas usadas por bandidos que querem esconder o rosto quando tão aprontando, além de uma balança de precisão e dinheiro miúdo, que os milicos acreditam que sejam lucro do comércio de porcarias.

Pato

Cristiano Amândio da Silva, 18 anos, o Pato, foi preso na madrugada de sábado, em terras dengo-dengo, acusado de tráfico de drogas. Com ele, os tiras encontraram cinco pedras de crack, um revólver calibre 38 e R$ 101 em notas miúdas. Os policiais chegaram ao trafica, depois de prender dois viciadinhos, que deram com a língua nos dentes.

Eram pouco mais de 2h30 da madrugada de sábado, quando a polícia resolveu aparecer na rua Dona Araci, no centro de Navegantes. Os milicos foram dar uma bizoiada em uma baiuca, depois que os moradores denunciaram o entra-e-sai de viciadinho. Ao chegar ao local, ja deram de cara com um viciado com uma pedra de crack na mão. Depois de uma prensa, o craqueiro contou que tinha pegado a droga com Pato. O trafica foi mandado pro xilindró e os viciadinhos liberados.

  •  

Deixe uma Resposta