• 16 jun 2009
  • Postado por Tiago

INTERNA_11_topo_moedas_internet

O governo federal espera uma arredação extra de R$ 2,6 bilhões este ano pelo reajuste das alíquotas da chamada contribuição de intervenção no domínio econômica (Cide), cobrada sobre os combustíveis. O reajuste não afetará o preço final da gasosa, do álcool e do diesel

  •  

Deixe uma Resposta