• Postado por Tiago

Adriano Padilha e Paulo César Turim foram detidos na madrugada de ontem, acusados de arrombar uma casa de Itapema. Depois de abordar os suspeitos, os meganhas descobriram que os mãos leves tavam devendo pra dona justa de Chapecó e de Balneário Camboriú.

Um vizinho da casa da rua 418, do bairro Morretes, viu dois sujeitos malencarados arrombarem a janela lateral da baiuca. Como não tinha ninguém dentro da casa, os gatunos entraram e começaram a separar equipamentos eletrônicos e objetos de valor que encontraram pela frente.

Como não quis pagar pra ver os ladrões simandarem com os trecos furtados, a testemunha passou um fio pros meganhas que deram um pulo no local. Assim que entraram no terreno, pegaram Adriano e Paulo dentro da casa, com a mão na massa. A dupla de safados não conseguiu nem sisplicar e foi levada pra bater um papo com os homisdalei.

Ao consultar o nome dos caras no sistema da puliça, os tiras tiveram uma surpresa. Descobriram que Adriano tava pedido pela comarca da Chepecó por furto. Seu camarada, Paulo, tava na condicional do presídio de Balneário Camboriú, pelo mesmo crime. Como já tinham passagem, os dois foram fazer companhia à outros 14 presos no apertado xilindró de Itapema.

  •  

Deixe uma Resposta