• Postado por Tiago

abre-p2

Tela faz parte da série ?Café e aquarela?

O peixeiro Nestor Jr., 26 anos, se criou na Penha e desde os 18 anos vive na galega Blumenau, onde está se consolidando como artista plástico. Mas para Nestor, não importa onde nasceu ou vive, já que seu trabalho é tão universal que ele foi convidado pra expor na Exposição Dona, na cidade espanhola de Terragona, na Catluña. A obra selecionada pelos gringos foi ?Café a Aquarela?.

A exposição vai rolar de 12 de dezembro a 12 de janeiro. Participam da exposição artistas da Austrália, Guatemala, Nova Zelândia, Inglaterra, Uruguai, Espanha e Japão.

A chance de mostrar o trampo do outro lado do oceano Atlântico surgiu quando Nestor começou a colocar suas obras no espaço virtual. Ferramenta que possibilitou ao artista, que mora longe dos grandes centros urbanos, mostrar sua arte sem fronteiras. Ele já participou de várias exposições nacionais e tem material na galeria Estiloarte, em Blumenau.

Seus desenhos primam pelo lirismo, pelas linhas onduladas, orgânicas, sempre mostrando corpos que parecem flutuar de tão etéreos. Homens e mulheres apresentam sobrancelhas marcantes e cabelos abundantes, parecendo que estão em meio líquido e levando o espectador a embarcar numa atmosfera de sonho e poesia.

Nova série

Ele diz que boa parte da inspiração para os corpos voluptuosos vem de 10 tias de ascendência italiana. E comemora o feito de estar vivendo exclusivamente de sua arte há cerca de um ano. Nestor Jr. é formado em publicidade e propaganda.

Este ano, ele expôs em Jaraguá do Sul, Indaial, Balneário Camboriú, Itajaí, Blumenau e Floripa e agora tá preparando uma nova exposição baseada nas suas lembranças na infância passada na Penha. Serão 15 obras na exposição que deve rodar a Santa & Bela no ano que vem.

  •  

Deixe uma Resposta