• Postado por Tiago

Malabarista do fogo: A.N. não poderá mais entreter motoras nos semáforos

Malabarista do fogo: A.N. não poderá mais entreter motoras nos semáforos

Malabaristas, vendedores, distribuidores de panfletos, flanelinhas e lavadores de vidros são o novo alvo da fiscalização da secretaria de Meio Ambiente e Desenvolvimento Urbano da capital. Há pelo menos 10 dias que esta turma que tira o sustento das dezenas de semáforos espalhados pela cidade, principalmente na avenida Beira-Mar, não tem sossego. Fiscais caçam um a um pra saber quem são, se têm autorização pra trabalhar nas ruas e, principalmente, identificar o que essa turma faz da vida que não tem um emprego fixo ou normal como a maioria das pessoas.

?O que eles estão fazendo é uma forma de repressão à arte popular. No Brasil já não é tão difundido este tipo de arte e em Florianópolis então, não há incentivo algum?, avalia Curinga, gaúcho que há sete anos roda as principais cidades do país fazendo malabarismos nos sinaleiros.

Fábio Basso vive de entreter as pessoas há 20 anos. Garante que a medida da prefa é arbitrária e ilegal. ?Há uma lei federal que permite o artista de expressar sua arte em qualquer logradouro público. Não faço nada de errado?, garante.

O artista AN, que atrai olhares durante suas apresentações noturnas no trevo do terminal Rita Maria, também não gostou da medida da prefa. Ele garante que ainda não foi notificado e jura que apesar de trabalhar com fogo, nunca passou por sua cabeça que a arte pudesse colocar medo em alguém.

Continua na edição de amanhã do DIARINHO.

  •  

Deixe uma Resposta