• Postado por Tiago

Os tiras da Central de Operações Policiais (COP) do Itajaí prenderam na manhã de ontem dois assaltantes de caranga. José Luís Freitas, 32 anos, e Carlos Eduardo Rosa, 24, o Dudu, são acusados de roubar carros nas Piçarras e mocosar os possantes no Itajaí. Os puliças tavam caçando os bandidos fazia mais ou menos um mês. As buscas começaram depois que rolou um tiroteio entre os homisdalei e os safados, na BR-470, em Navegantes.

As carangas foram encontradas em duas baiucas em Itajaí, uma na rua João Américo Watzko, no Rio Bonito, e outra na rua Otília Damasceno, no Cidade Nova.

A casa começou a cair pra bandidagem por volta das 8h de ontem. Os policiais deram o atraque certeiro no galpão do Rio Bonito, que servia de desmanche e encontraram uma caranga toda depenada. O carro, placa DXV 3520 (Guaramirim), tava sem os bancos, sem as portas e com o painel todo arrebentado. O segundo carango foi encontrado na casa de José Luís, no Cidade Nova. Trata-se do Golf prata, placa MFX 6646 (Itajaí), que foi usado num tiroteio contra a polícia. Os homisdalei acreditam que este Golf tenha recebido peças da outra caranga depenada.

Os dois safados foram levados para a COP para bater um papo com o delegado Rui Garcia dos Santos e tentar explicar de onde surgiram as carangas. Os carros foram encaminhados para a perícia e depois serão liberados para os donos.

Os crimes

Os mequetrefes metiam os assaltos em Piçarras e fugiam com os carangos das vítimas. Depois de um tempo, os bandidos tinham a cara-de-pau de ligar pros coitados pra pedir uma grana em troca da caranga roubada. Quem não pagasse a quantia exigida tinha o carro desmanchado e as peças vendidas.

Uma vítima esperta marcou um encontro com os mequetrefes na BR-470 e, ao mesmo tempo, chamou os policiais da COP para prender os safados. Os homisdalei foram recebidos à bala e os bandidos conseguiram fugir com o Golf prata, que ficou cravejado de tirombaços.

Para poder andar com a caranga por aí sem atrair a desconfiança dos policiais, os mequetrefes fizeram uma verdadeira operação no carro detonado. José e Carlos desmancharam outro veículo roubado e colocaram as peças do desmanchado no Golf baleado. O disfarce não foi feito muito bem e os homisdalei descobriram restos de janelas detonadas embaixo do banco do carro.

  •  

Deixe uma Resposta