• Postado por Tiago

INTERNA-POLÍCIA-PÁGINA-SEIS---ABRE-p---berros-no-findi1

Coisarada que tava com os malacos foi levada pra depê peixeira

Três mulambentos foram em cana depois de terem assaltado um motora e levado sua caranga, em Porto Belo. Os meganhas de Balneário Camboriú viram o carro rodando pela BR-101 e seguiram os assaltantes até Itajaí, onde ganharam o teje preso. Dois deles já tão enjaulados no cadeião. O terceiro, que é dimenor, foi levado pro centro de internamento provisório (CIP) peixeiro.

Era por volta das 3h30 de domingo, quando o motorista do Fiat Punto, placa MFF-9204 (Balneário Camboriú), estacionava na rua Blumenau, no bairro Perequê, quando foi atacado por três bandidos. Dois deles usavam capuzes pra esconder a cara, e tavam armados.

Os trastes bateram na janela do possante e lascaram o mãos ao alto. Mandaram o motora sair de bico fechado se não quisesse morrer, e não olhar diretamente pra eles. Apavorado, o cara obedeceu os assaltantes e deixou seu carro nas mãos dos coisas-ruins.

O trio entrou no Punto e saiu cantando pneu. Enquanto isso, o motorista correu pro primeiro orelhão que encontrou pra chamar a puliça. Ele contou aos fardados tintim por tintim o que tinha rolado, e foi pra delegacia fazer a queixa. Por volta das cinco horas da matina, puliças que faziam rondas pela marginal Leste, na Maravilha do Atlântico, viram o Punto voando baixo pela BR-101, sentido Itajaí. Os milicos pisaram firme no acelerador da baratinha e saíram na cola dos assaltantes.

Encagaçados, os bandidos chegaram a abrir a janela do Punto e apontaram um berro pros meganhas, que continuaram colados nos mulambentos. Só quando os trastes já tavam na Contorno Sul, em Itajaí, os puliças conseguiram fazer com que parassem o carro.

Os malencarados foram identificados como Márcio José de Souza Silveira, 18 anos, Rafael Tavares Schneider, 18, e o aborrescente C.Z., 17. Com eles foram encontrados uma pistola calibre 765, com sete balas intactas, e um trezoitão com uma bala.

Os bandidinhos ganharam o teje preso e foram levados pra 1ª depê peixeira. Márcio e Rafael ganharam uma vaguinha no cadeião, e o aborrescente foi levado pro CIP, onde ficam guardados os dimenores encrenqueiros.

Haja bala

Em Cambu, mais um trabuco foi guentado com um mequetrefe. Rodrigo Melo dos Santos, 30, foi parado pelos meganhas quando dava umas bandas pela rua Guaraparim, no bairro Taboleiro, empoleirado na motoca Honda Twister prata, placa MEV-8692 (Camboriú).

Com ele, os milicos acharam um torrão de maconha, R$ 1,1 mil em dindim, uma renca de celulares, e um berro calibre 38 com a numeração raspada, recheado com quatro balas. Ele foi levado pra depê pra sisplicar e ganhou uma noitada na gaiola.

  •  

Deixe uma Resposta