• Postado por Tiago

O companheiro de Adriana Antunes Branco, 33 anos, que foi encontrada morta em casa na manhã de segunda-feira, foi preso ontem em São José. Tevez Gilberto Kelber, 29, confessou que matou a mulher poucas horas antes do dia das mães. Ele foi encontrado pelos meganhas na casa de um amigo, no bairro Frei Damião. A polícia estava na cola do traste desde que descobriu o crime.

A história que o cara conta é que teria saído pra pescar no sábado à tarde. Ele teria dito pra mulher que só voltaria de noite. Depois de uma hora de pescaria, a vara quebrou. O cara resolveu voltar pra casa para pegar uma reserva.

Quando abriu a porta teria encontrado Adriana com um amante na cama do casal. Tevez teria ficado tão puto que enxotou o peladão e começou a espancar a muié. Ele diz que a levou pra dentro do box do banheiro, pegou uma faca afiada e a degolou. Depois da crueldade, o pescador começou a destruir tudo o que via pela frente. Quando os meganhas chegaram na casa, na segunda-feira, roupas e móveis tavam jogados no chão. Ao ser preso, ele confessou o crime e foi encaminhado para a Central de Polícia de São José.

  •  

Deixe uma Resposta