• Postado por Tiago

Cláudio: ?Eles estão empurrando com a barriga?

Se a associação dos Portadores de Deficiência Física de Itajaí (Apdefi) não pagar os oito meses de aluguel que deve até hoje, receberá a segunda ordem de despejo em um ano e três meses. A associação, que existe há seis anos, teve que sair da antiga sede, que ficava na rua José Quirino, no bairro São João, também por falta de pagamento. A Apdefi não recebe ajuda do município desde outubro de 2008.

Cláudio João da Cruz, presidente da Apdefi, disse que o prefeito Jandir Bellini (PP) prometeu na campanha um convênio com a associação, pagando o aluguel de R$ 1,5 mil da nova sede, mais as contas de água, luz e telefone. A parceria ainda previa a doação de alimentos pra instituição. ?Estamos jogados às traças. Além do aluguel, a luz foi cortada hoje (ontem). Sobrevivemos de pedágios feitos por nós, vendas de ímãs de geladeira e do projeto Mão Amiga [uma voluntária liga para as casas dos peixeiros e pras empresas atrás de doações]?, disse o presidente.

Além dos perrengues com aluguel, a Apdefi está com dificuldade de atender o povão portador de deficiência. A Kombi da galera cadeirante está com os documentos irregulares há um ano e os pneus estão carecas. A caranga sequer tem um motorista. ?Contamos com a solidariedade de voluntários pra dirigir pra nós. A nossa Kombi foi pro estacionamento da prefeitura pro motor ser refeito e nunca mais voltou. Ela tá lá jogada, até já roubaram o motor?, reclama.

O presidente também falou que atendia cerca de 20 deficientes por dia e, hoje, eles possuem estrutura só pra atender seis.

Cláudio diz que está difícil a associação manter a oficina profissionalizante de música, artesanato e computação com a estrutura que tem hoje. ?O Bellini pediu pra ficarmos aqui provisoriamente por três meses, tá apertado pra atendermos 118 deficientes. Além disso, oferecemos almoço e café da tarde, mas com o que tá vindo de comida não tá dando?, finaliza.

Barraquinha na prefa

A prefeitura alega que, pra fazer o convênio, a Apdefi precisa mudar o endereço do CNPJ pra poder entrar com o pedido no conselho Municipal de Serviço Social. Mas segundo o chefão da associação, eles estão numa casa provisória a pedido do próprio mandachuva da city e que já era pra prefeitura ter arrumado uma nova sede pra poder fazer a troca de endereço. ?Eles estão empurrando com a barriga. Como vou fazer a troca de endereço se eles ficaram de arrumar um local pra nós em fevereiro do ano passado e hoje vou receber a ordem de despejo??, questiona Claudio. ?Não tenho como colocar o endereço de um lugar que vou ser despejado. Vou colocar uma barraquinha na frente da prefeitura e dar o endereço deles?, completa.

  •  

Deixe uma Resposta