• Postado por Tiago

O catarinense Eder Luciano, de Itapema, mandou muito bem na oitava etapa do circuito mundial de moribug, que terminou ontem em Sintra, no litoral de Portugal. Ele chegou à semifinal da competição, foi o melhor brasileiro da disputa e só perdeu pro campeão da etapa, o havaiano Jeff Hubbard. Entre as mulheres, a vencedora foi a portuguesa Catarina Sousa.

Jeff venceu o australiano Ryan Hardy na final, faturou 2000 pontos, levou pra casa oito mil dólares e de quebra assumiu a liderança do ranking mundial. Já Catarina despachou sua compatriota Rita Pires na decisão pra garantir os 1500 pontos e quatro mil dólares na conta bancária.

Único brasileiro sobrevivente no último dia de disputa, Eder teve uma excelente atuação em sua primeira bateria e despachou o atleta Amaury Laverhne, de Ilhas Reunião, nas quartas-de-final. Na disputa da semi, Eder e Jeff protagonizaram um duelo emocionante, mas com um pouco de vantagem pro novo líder do ranking, que achou uma boa segunda onda no final da bateria e consolidou sua vitória.

Com o resultado, o atleta de Itapema, campeão da sexta etapa do circuito mundial, em Viana do Castelo, em Portugal, subiu pra 12ª colocação geral do ranking, com 3916 pontos. Outro catarinense na disputa, Luís Villar, de Balneário Camboriú, tá em 16º, com 3700 pontos.

A próxima etapa do mundial de moribug rola em Ferrol, na Espanha, entre os dias 2 e 6 de setembro. Logo após a perna europeia, a competição retorna pro Brasil, mais precisamente pra Búzios, no Rio de Janeiro, que receberá os melhores do planeta entre os dias 30 de setembro e 4 de outubro.

  •  

Deixe uma Resposta