• Postado por Tiago

Partiu pra terra dos pés juntos o pedreiro José Moacir Mendes de Carvalho, 59 anos. O tiozinho morreu na tarde de quinta-feira em Balneário Camboriú. Ele tava internado no hospital Santa Inês fazia pouco mais de dois meses, desde que foi atropelado no centro da Maravilha do Atlântico Sul.

O acidente que tirou a vida de José rolou em 20 de setembro. Ele tentava atravessar a avenida dos Estados, em frente ao Clube dos Coroas, quando foi atingido por um carango. O possante simandou e deixou o sujeito estatelado no meio da via malemal.

O tiozinho foi socorrido e levado ao hospital do Balneário mais badalado do sul do país. Foi medicado e permaneceu os últimos dois meses internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI), mas na tarde de quinta-feira não guentou o tranco e morreu.

O pedreiro vivia na capital do Paraná, mas vinha pro Balneário a cada 15 dias pra fazer uns trampos numas construções. O corpo foi encaminhado ontem pro estado vizinho, onde rola o velório. Com a morte do pedreiro, a polícia vai abrir um inquérito tentar descobrir em que circunstância ocorreu o porradaço.

  •  

Deixe uma Resposta