• Postado por Tiago

INTERNA-ABRE-PAG-15---s---avai-x-fluminense---volante-leo-gago--foto-rubens-flores-20jun09

Léo Gago comemorou o golaço nos descontos

Foram necessárias sete rodadas pra que o Avaí conquistasse a primeira vitória no Brasileirão. E foi uma vitória do jeito que o torcedor do Avaí tá acostumado: suada. Com golaço de Léo Gago nos acréscimos, o Leão venceu por 3 a 2 o Fluminense no sábado, no estádio da Ressacada, e deixou a lanterna da competição. Os outros gols do Leão foram marcados por Muriqui e Marquinhos Santos. Do lado do Flu, Fred anotou duas vezes.

?A fruta tava madura, quase caindo do pé. Agora caiu?, disse o técnico Silas ao final da partida, satisfeito por ter recebido elogios de Carlos Alberto Parreira por conta do desempenho do time. ?Isso para nós é muito gratificante afinal, além dele ser um grande técnico, comanda um time que tem história no futebol nacional?, acrescenta.

O resultado não tira o Avaí da zona do rebaixamento, mas o time manezinho já pulou algumas posições. Com sete pontos, o Leão ocupa o 17º lugar na tabela de classificação.

Mandou bem

O Avaí entrou em campo sem se preocupar com a tradição do Tricolor carioca. Partiu pra cima e não deu bola pras tentativas do Fluminense. Aos 12 minutos, Muriqui deixou zonza a zaga do Flu e abriu o placar. Após tabelar bonito com Uendel Pereira, ele mandou com perfeição pro fundo do gol de Ricardo Berna, que ainda tocou na bola antes dela encostar na rede.

O gol foi uma ducha de água fria nos visitantes, tanto que o Avaí precisou de mais três minutos pra ampliar a vantagem. Marquinhos Santos aproveitou rebote e mandou o pé de fora da área. O goleiro ainda tentou segurar, mas a gorduchinha se soltou e mais uma vez encontrou o caminho do gol.

O Avaí poderia ter ampliado ainda no primeiro tempo e também nos minutos iniciais do segundo. Porém, com alterações feitas por Parreira, o Fluminense voltou disposto a correr atrás do prejuízo. Aí apareceu o artilheiro Fred, que diminuiu de pênalti, aos 13 minutos, e empatou aos 15, quando o Avaí tentava se reorganizar em campo e recuperar a postura da primeira etapa.

O cansaço parecia impedir o Leão de ir adiante. Mas aos 40 minutos, após falta infantil, o volante Maurício foi expulso e deixou o Flu com 10 em campo. O Avaí voltou a pressionar e no apagar das luzes, aos 48, Léo Gago, com a canhota que não gagueja, arriscou de longe e marcou um golaço pra dar a vitória à equipe de Floripa.

Agora, depois de mais de 30 anos longe da elite, o Avaí não precisa mais ir ao Espírito Santo pra conhecer Vitória. Na próxima rodada, o Leão joga contra o Cruzeiro, no Mineirão, em Belo Horizonte. O jogo será no sábado.

  •  

Deixe uma Resposta