• Postado por Tiago

CONTRA-ABRE---s---avai-x-nautico---meia-marquinhos-foto-rubens-flores-16ago09

Capitão Marquinhos fez golaço no 2 a 1 sobre o Náutico

O técnico Silas tinha razão quando disse que o jogo contra o Náutico seria encardido como a partida contra o Santo André. O Avaí suou, deixou a torcida enlouquecida, mas conseguiu vencer o Timbu por 2 a 1, na noite de sábado, no estádio da Ressacada. Com o feito, o Leão fecha o turno do Brasileirão com sete vitórias nos nove últimos jogos. Dos 27 pontos que disputou nestas partidas, o Avaí faturou 23. O time azurra chega aos 30 pontos no total, mais do que phodões do futebol nacional como Fluminense, Cruzeiro, Corinthians e Flamengo. A última derrota da equipe, que hoje tá na sexta colocação, foi em 11 de julho, quando perdeu pro Botafogo em casa.

Muitos foram os destaques do Leão contra o Náutico. Na zaga, Rafael esteve perfeito. Na lateral, Eltinho mandou muito bem. Léo Gago e Muriqui também foram destaques no meio, mas o capitão Marquinhos Santos leva os louros pra casa, já que faltando dois minutos pra terminar o tempo regulamentar, ele fez o gol da vitória.

O único que não quis muito papo depois do confronto foi o zagueiro Émerson. Num dia em que a bola insistiu em bater na trave e o Avaí teve como barreira o goleiro Gledson, o beque avaiano anotou contra o único gol pra equipe do técnico Geninho.

Tinhoso

O jogo foi truncado, com marcação forte dos nordestinos. Em casa, o Avaí mostrou-se à vontade, mas tinha dificuldades de passar pela zaga adversária. Das vezes que tentou, a bola esbarrou em Gledson, que fez defesas incríveis.

Mas aos 24 minutos, em cobrança de falta perfeita, Eltinho acertou o ângulo esquerdo da meta do Timbu e abriu o placar pro Leão. O gol abalou o Náutico, que deixou espaço pro Avaí criar mais possibilidades de ampliar. Novamente, Gledson teve competência pra aguentar o tranco.

Após o intervalo, logo aos oito minutos, o zagueiro Émerson calou a Ressacada. Ele tentou cortar a bola cruzada por Rudnei e acabou marcando contra, de cabeça. Pra tentar o perdão, Émerson mandou no pé da trave a primeira de uma série de gols desperdiçados, que impediriam o Avaí de voltar à frente.

O empate deixou o Avaí ansioso em busca da vi tória, mas as coisas começaram a melhorar aos 17 minutos, depois que o Náutico perdeu Rudnei. O volante deu um carrinho sem bola em Eltinho e foi pro chuveiro mais cedo.

Rápido, Geninho fechou o time, dando mais trabalho pro Avaí tentar recuperar a vantagem. Do outro lado, Silas colocou o grupo manezinho pra cima e ainda promoveu a estreia de Fabinho Capixaba. Achando pouco, colocou Roberto em campo pra ver se encerrava o turno com uma vitória em casa. E deu certo. Aos 43, com o torcedor já indignado por tantos gols perdidos, Marquinhos Santos recebeu cruzamento na área e acertou um baita chute cruzado, sem chances pra Gledson, explodindo de alegria o torcedor avaiano.

Faltando 17 pontos projetados pra se manter na primeira divisão, o Avaí joga na quinta-feira contra o Atlético/MG, no Mineirão, pela primeira rodada do returno do Brasileirão. No turno, os dois times empataram por 2 a 2, em Floripa.

CONTRA-BAIXO---s---avai-x-nautico---atacante-willian-foto-rubens-flores-16ago09-(1)

William passou em branco na Ressacada

  •  

Deixe uma Resposta