• Postado por Tiago

abre-p2-BADI-ASSAD

Badi é multinstrumentista e compositora

Com o slogan ?A Vila de Todas as Músicas?, o 12º Festival de Música de Itajaí abre neste domingo com o show de Badi Assad, uma das novas promessas da MPB, no Teatro Municipal de Itajaí. No feriado de Finados, será a vez do Trio 202. Os ingressos estão a venda na bilheteria do teatro, no Conservatório de Música e na Casa da Cultura, ao preço de R$ 30 e R$15 (estudantes e idosos). Apenas o show de Toquinho, no encerramento, no dia oito, os ingressos vão custar R$ 50 e R$ 25. Na quarta, o show do Duo Buxixo é na faixa.

Badi Assad é irmã caçula dos violonistas Sérgio e Odair Assad (o Duo Assad), e também seguiu a carreira musical como violonista, cantora, percussionista e compositora. Ela se destaca seja como instrumentista que toca o violão com virtuosismo e inventividade ou a cantora talentosa e afinadíssima, que reinventa canções imprimindo sua marca pessoal. Badi também leva o público em viagens sonoras e como atriz e bailarina, domina como ninguém o palco e a plateia. Como ritmista, ela transforma a boca e as mãos em instrumentos musicais.

Oficinas

Tão importante quanto os shows, são as oficinas ministrados por músicos renomados. A palestra de abertura rola no dia dois, às 14h, na prefa. De manhã, a galera deve se apresentar na escola de música Imcarti, na Praça 1º de Maio pra receber o cartão de identificação com informações sobre o curso que se matriculou.

Estão na city pra dividir o conhecimento musical com os estudantes de música Arismar do Espírito Santo (prática de conjunto, improviso e criação musical), Nelson Ayres (piano popular e harmonia), Itamar Collaço (evolução sonora contrabaixo), Nelson Faria (guitarra e improviso), Guilherme Gonçalves (bateria de escola de samba e leitura ritmica), José Eduardo Nazário (bateria), Oscar Bolão (percussão de samba carioca), Ulisses Rocha (violão), Pablo Trindade (performance na MPB), Regina Lucatto (montagem de espetáculo), Suely Mesquita (Vozinvento), Fábio Henriques (gravação e mixagem), Luiz Otáveio Braga (violão de sete cordas e conjunto de choro), Rafael dos Santos (big band) e Proveta (banda Mantiqueira).

  •  

Deixe uma Resposta