• Postado por Tiago

 

dscf5023A pedra que assusta a galera no Jardim Denise, na Maravilha do Atlântico Sul, corre mesmo o risco de rolar morro abaixo por qualquer gota a mais de chuva. O palpite é de quem sabe das coisas, o geólogo Arsênio Moratori e seu filho, o engenheiro Arsênio Moratori Júnior, contratados pela prefa de Balneário Camboriú pra conferir o perigo que a rocha representa.

Na tarde desta quinta-feira, 4, os especialistas e a equipe do Departamento de Contenção de Invasão Urbana e Degradação Ambiental ? Cuida – inspecionaram a pedrona de aproximadamente 80 toneladas, prestes a descer ladeira abaixo sobre as casas da vizinhança. Na semana passada as moradias já haviam sido interditadas pela Defesa Civil da city.

Na opinião do engenheiro, a interdição de só oito baias é pouco. Mais cinco, pelo menos, devem ser desocupadas pra garantir a segurança do povo.

O geólogo vai por no papel o que foi visto e o que deve ser feito: implodir ou cortar a rocha. Alguns estudos devem ser feitos pra analizar o solo e a estabilidade da encosta, e tudo leva tempo e deve ser feito por gente especializada.

  •  

Deixe uma Resposta