• Postado por Tiago

Terminou a luta de Elias Leandro Costa, 25 anos, pra permanecer vivo. O coitado levou quatro balaços no sábado à noite, numa festoca que rolava no bairro Taboleiro, em Camboriú, e tava internado na unidade de terapia intensiva (UTI) do hospital Santa Inês. Na madrugada de ontem, o pobre não resistiu mais aos ferimentos e passou dessa pra uma melhor.

A desgraceira rolou em frente a uma baia da rua Sassafrás, onde fervia um baita festerê. Bizolhudos de plantão contaram à polícia que no meio da algazarra, por volta da 1h30 da madruga, Elias, que participava do rala-coxa, foi chamado na rua por dois malencarados desconhecidos. Um dos trastes descarregou quatro tiros pra cima do coitado, que caiu estatelado na chón. Elias foi atendido pelo pessoal do Samu e levado ao Santa Inês, entre a vida e a morte. A puliça militar foi chamada e fez rondas pelas redondezas pra tentar achar os atiradores sanguinários, mas não encontrou nem sinal dos trastes.As investigações tão na mão dos tiras da depê da capital da pedra.

  •  

Deixe uma Resposta