• Postado por Tiago

minkeareiaA bióloga Audrey Amorim Corrêa, gerente de campo do Projeto Baleia Franca, esteve na manhã desta quinta-feira na praia da Galheta, em Floripa, onde uma baleia da espécie minke anã foi encontrada morta pela Polícia Ambiental.  O animal media 6,5m e tratava-se de um macho adulto.

“Não foi possível indicar a causa da morte do animal de imediato, o qual pertence à ordem dos Misticetos, ou seja, não possuem dentes, mas sim cerdas chamadas barbatanas.  Os pesquisadores do Instituto Chico Mendes coletaram amostras de tecidos e barbatana do animal a fim de tentar determinar a causa da morte.  Chegamos à praia na manhã desta quinta e a baleia já estava em fase de decomposição”, declarou a bióloga, que durante a saída de campo para análise da baleia minke anã avistou uma baleia franca adulta saltando atrás da arrebentação da praia da Galheta.

A Polícia Ambiental, com o auxílio de uma equipe da Companhia Melhoramentos da Capital (Comcap), fará os trabalhos de enterrar o animal acompanhada pelos profissionais do Instituto Chico Mendes.

  •  

Deixe uma Resposta