• Postado por Tiago

20090507_094000_mOs catarinenses já começaram a se preparar para receber uma das principais competições de off-road do país. A segunda etapa do Mitsubishi Motorsports será no Balneário Camboriú, no dia 16 de maio. Será a terceira vez que a Maravilha do Atlântico Sul é palco da competição.

A prova será recheada de novidades. Entre os destaques está a parte técnica da competição, que passa a contar com um novo sistema de apuração, que substitui a fotocélula pelo coletor de dados via GPS, o que, além de aumentar o rigor com relação aos limites de velocidade na trilha, agiliza a divulgação dos resultados.

Os catarinenses têm um motivo a mais para acompanhar de perto a prova. Na primeira etapa, em Ribeirão Preto, no interior do estado de São Paulo, os pilotos barriga-verdes se saíram bem e lideram as categorias Graduados – voltada aos competidores mais experientes – e Turismo – que reúne pilotos e navegadores com alguma experiência em rali.

Na categoria Graduados, a primeira colocação é dos irmãos catarinenses Alfredo Turcatto e Camilo Turcatto, pilotando um Pajero Tr4. 

Outra dupla catarinense que também corre com grandes chances na categoria é Luciano Azzi e Theo Guardiano, que na primeira etapa conquistou o segundo lugar na classificação geral. Ao final do campeonato, as três duplas mais bem classificadas na Graduados dividem prêmio em dinheiro.

A categoria Turismo também consagra o bom momento das duplas do estado na competição, com os amigos Elpidio Valgas e Vilson Ferreira, que em Ribeirão Preto venceram pela primeira vez uma prova da categoria. Na mesma categoria há a disputa de melhor dupla feminina, que no ano passado foi vencida pelas catarinenses Caroline Köhler e Edileusa Köhler, que voltam a correr esse ano na etapa de Balneário Camboriú.

Porém, para manter o bom momento os catarinenses precisam mais do que apenas conhecer a região. “Percorreremos estradas que cortam fazendas, onde predominam a plantação de arroz e áreas de reflorestamento de eucalipto, com grande variação de piso e altitude?, disse Lourival Roldan, diretor de prova.

Em Balneário Camboriú também acontecerá a disputa na categoria Turismo Light, porta de entrada para o mundo off road, e que não acumula pontos como um campeonato, mas distribui troféus a cada etapa para os cinco mais bem classificados, além do troféu de melhor dupla mista e melhor dupla feminina na categoria. 

A inscrição é 30 kg de alimentos não perecíveis e seis produtos higiênicos que serão doados a entidades carentes da região.

  •  

Deixe uma Resposta