• Postado por Tiago

As cidades de Itajaí e Balneário Camboriú fizeram feio no dia D da campanha de combate à poliomielite. Dos municípios da região, as duas citys foram as que menos vacinaram na primeira semana da campanha, que foi de 14 a 19 de setembro. Até sábado, quando rolou o dia nacional de combate, as duas cidades tinham vacinado pouco mais de 80% dos pequerruchos, enquanto os municípios vizinhos já chegaram aos 100%.

Pelos dados divulgados pela secretaria da saúde da Santa & Bela, Itajaí vacinou 82% das crianças enquanto Balneário aplicou a gotinha em 81% dos menores de cinco anos. Na lista também entram as citys de Itapema, Penha, Balneário Piçarras e Porto Belo, que fizeram bonito e imunizaram todos os baixinhos. A meta pra região era de 95% da molecada vacinada, mas o mínimo aceito pelo ministério da saúde é 75%. Mesmo com o resultado mais baixo da região, a responsável da vacinação em Balneário, Eliones Sandra Mazo, elogiou o trampo de sua equipe. “A meta sempre é vacinar 100%, mas o índice que atingimos é muito bom e a campanha continua durante essa semana”, disse.

Pra coordenadora regional da campanha de vacinação contra a pólio, Salete Galvão, Itajaí e Balneário vacinaram menos pela demanda das citys. “Os municípios menores conseguem vacinar mais crianças porque a cobertura é menor e fica mais fácil fazer o roteiro das creches”, explica.

O dia D de vacinação rolou no sábado, dia em que foi registrado o maior número de gotinhas aplicadas. “Muitos pais trabalham durante a semana e só podem levar os filhos no fim de semana”, conta.

Pros papais e mamães atrasados que ainda não levaram os pequeninos pra tomar as gotinhas, a campanha segue até sexta-feira. As vacinas tão sendo aplicadas em todos os postos de saúde das cidades da região. E é bom os folgados não se confiarem, porque não há determinação de estender a campanha.

A meta da secretaria regional é atingir 37.332 crianças. Até sábado, pouco mais de 32 mil já tinham recebido a gotinha, número que faz os entendidos da campanha ficarem confiantes que a meta será atingida. “Faltam pouco mais de cinco mil, com certeza vamos conseguir”, acredita Salete.

Saúde peixeira se coça

Em Itajaí, segundo informações da secretaria da saúde, 1551 crianças ainda não estão imunizadas contra a paralisia infantil. Pra correr contra o tempo, agentes de saúde estão percorrendo as creches peixeiras à procura dos pimpolhos que não receberam a segunda dose da vacina. Os pais que quiserem colaborar, podem levar o seu filho até os postos de saúde, que estarão oferecendo as gotinhas na faixa até sexta-feira.

  •  

Deixe uma Resposta