• Postado por Tiago

Os mequetrefes de Camboriú não têm mais o que inventar. Ontem, no meio da tarde, a bandidagem descarregou um trabuco pra cima da loja de motocas Mundo Bike, que fica bem no centrão da city. Parte dos balaços, que vieram de uma pistola de uso exclusivo das forças armadas, quebraram os vidros do comércio, e outros foram parar nas paredes. A puliça Civil abriu inquérito e vai ouvir hoje o dono da loja pra saber se ele tinha alguma treta com alguém que pudesse ter causado o tiroteio.

Era por volta das 15h quando os milicos foram avisados de que o povão tinha ouvido uns pipocos pros lados da rua José Francisco Bernardes. Os meganhas pisaram fundo no acelerador da baratinha e correram pra ver o que tinha rolado.

Eles encontraram a loja Mundo Bike, que fica na esquina da Francisco Bernardes com a rua Espírito Santo, toda cravada de balas. Os fardados contaram pelo menos seis furos, que atingiram os vidros e as paredes. Por sorte, ninguém ficou ferido com o atraque.

No local foram achadas cápsulas de munição de pistola calibre .40, que só pode ser usada pelos homis de farda. A vizinhança jurou de pés juntos que não tinha visto de onde saíram os tirombaços, e o pessoal disse que não fazia ideia de quem pudesse ter feito a sacanagem. Então, os puliças juntaram o material e levaram pra delegacia da capital da pedra, onde o caso foi registrado.

Pouco tempo depois, peritos da polícia Civil estiveram na loja pra bizolhar os furos bem de pertinho. Os tiras abriram um inquérito pra investigar o caso. Ainda hoje, o dono da loja deverá ser ouvido pra que os homis consigam direcionar as investigações. Eles querem saber se o cara tá envolvido em algum arrancarabo que possa ter provocado a ira de um desafeto e resultado no bangbang.

  •  

Deixe uma Resposta