• Postado por Tiago

Vanderlei Alves, 47 anos, escapou por pouco de virar estatística do mundo do crime em Camboriú, na noite de terça-feira. O sortudo conseguiu sair sem nem um furo no lombo, durante uma tentativa de assassinato. As balas ficaram cravadas no portal da casa de Vanderlei, no bairro Rio do Meio. Como se não bastasse, os atiradores tacaram gasolina num caminhão e numa máquina agrícola, mas fugiram antes de meter fogo nos possantes.

Vanderlei tava prontinho pra dormir quando sentiu um cheiro de combustível se alastrar pela região. Corajoso que só, abriu a porta e foi dar uma volta no quintal da sua residência, que fica na estrada geral do Rio do Meio. Ao caminhar em direção a máquina e um caminhão que estavam estacionados, levou o maior susto.

Três pilantras saíram de trás dos veículos mandando bala pra tudo quanto é lado. Os trastes meteram bala principalmente em direção a Vanderlei, que deve ter o corpo fechado, pois conseguiu siscapulir com vida. Ele siscondeu atrás das máquinas e por sorte não levou nenhum tiro no lombo.

Enquanto os bandidos siviravam em pernas e fugiam, Vanderlei foi conferir o que rolou. Ainda sentindo o forte cheiro de gasosa, deu uma cafungada na sua máquina agrícola e no seu caminhão e comprovou a treta. Passou o dedinho nos veículos e descobriu que os desocupados tinha tacado o combustível por lá, como se quisessem destruir tudo com fogo.

A polícia Militar foi chamada logo em seguida e realizou rondas pela região, mas os três vagabundos já tinham desaparecido na escuridão. Vanderlei não soube informar aos meganhas o que teria motivado a tentativa de assassinato ou de incêndio. A vítima jura de pés juntos que não tem desafeto.

  •  

Deixe uma Resposta