• Postado por Tiago

Um doido abandonou os três filhos pequenos à própria sorte depois de ter batido sua caranga, quando era perseguido pela puliça. O acidente rolou na BR-101, na subida do morro do Boi, em Balneário Camboriú. Apesar do susto, os pimpolhos passam bem. O paizão cagão se embrenhou no mato e não foi encontrado pelos meganhas.

Era por volta das 9h da matina quando os fardados que tavam em ronda pela avenida Santa Catarina, em Cambú, deram de cara com o Audi verde, placa AUD-1115 (Ituporanga). Eles sabiam que o dono do possante era Marcos Moura, 30 anos, que é fugitivo do cadeião de Blumenau, e há dois meses é procurado por andar metido com desmanche de carangas roubadas na capital da pedra.

Assim que percebeu a presença dos puliças, Marcos, que tava com a ex-muié e três filhotes de seis, 12 e 14 anos no carro, fincou o pé no acelerador e seguiu em direção ao bairro dos Municípios. A baratinha saiu em sua cola, cantando pneu. O bandido entrou em várias ruas pra tentar despistar os puliças, mas não conseguiu. Depois de ter dado umas bandas pela Vila Real e na marginal Oeste, ele se enfiou na BR-101. Na subida do morro do Boi, se embananou e acabou batendo na mureta. O ponteirinho da velocidade marcava 200 quilômetros por hora. O porradaço foi feio, mas o desnaturado não se preocupou em saber como tavam seus pequerruchos. Abriu a porta do carro e desapareceu no meio do mato.

Uma turma de meganhas se embrenhou no matinho atrás de Marcos, e outra atendeu o acidente. O pessoal do Samu foi chamado e prestou os primeiros socorros, mas por sorte as crianças e a mãe só tiveram alguns lanhados. A pirralhada foi encaminhada ao conselho tutelar de Cambú. Os três foram levados a um abrigo e depois liberados pra ficar com a mãe, que não tem ficha suja com a puliça.

  •  

Deixe uma Resposta