• Postado por Tiago

INTERNA-POLÍCIA-CINCO---ABRE-homicidio-no-promorar---foto-Felipe-VT01

Jonata Vieira, 26 anos, conhecido como Banha, foi mandado para a terra dos pés juntos

A chapa esquentou na noite de quarta-feira, no Itajaí. Jonata Vieira, 26 anos, conhecido como Banha, foi mandado para a terra dos pés juntos pelos milicos. O mequetrefe fazia parte de uma quadrilha que invadiu uma casa e rendeu quatro pessoas, em Porto Belo. Os bandidos fugiram em direção a Itajaí e trocaram tiros com a polícia.

Além de Jonata, Gilberto Martins, 31, outro bandidinho, também foi atingido pelos tiros e foi levado para o hospital Marieta Konder Bornhausen. Um ciclista que não tinha nada a ver com a confusão, mas passava pelo local na hora do tumulto, também foi ferido por um tirombaço. A treta rolou por volta das 22h na BR-101, Canhanduba.

Os bandidos assaltaram uma casa em Porto Belo e foram seguidos pelos meganhas da cidade. Quando os milicos perceberam que os safados estavam indo em direção a Itajaí, avisaram aos meganhas da city e montaram um cerco contra os mequetrefes nas entradas e saídas da cidade. Os safados entraram pela avenida Adolfo Konder, seguindo para o centro, e começaram a trocar tiros com a polícia e até com o BOPE de Balneário Camboriú que apareceu pra dar um jeito na confusão.

O ciclista Dalmir Elizeu de Souza, o Miro Souza, que passava pela avenida e não tinha nada a ver com o assalto, levou um pipoco no meio do tiroteio. Ele foi ferido no braço direito, passou por duas cirurgias e tá internado no Marieta. A perseguição cinematográfica continuou até a rua Carlos Mafra, quando os milicos conseguiram parar os bandidos. Os mequetrefes não se deram por vencidos, e na hora que os meganhas chegaram ao carro, os bandidos mandaram mais bala. Os policiais meteram mais dois tirombaços na direção dos assaltantes e Banha foi atingido.

Os vermelhinhos pintaram no local, mas não teve mais nada a ser feito. Banha já tinha ido comer capim pela raiz. O corpo do cara foi levado para o Instituto Médico Legal de Itajaí, para a perícia. Gilberto tá no hospital Marieta em estado grave. Os outros mequetrefes envolvidos na treta, Tiago Soares Dalpai, 23, e Gilmar Caldeira 31, saíram ilesos e foram em cana.

Com eles, foram apreendidos um revólver calibre 38 e uma pistola 380. Além disso, os meganhas encontraram os aparelhos eletrônicos roubados da casa. O caso foi passado pros investigadores da segunda depê que vão averiguar toda a história.

O assalto

Quatro caras armados invadiram a casa 316, da rua Venino Pereira da Cruz, no centro de Porto Belo, e renderam J.R.V., 58, S.F.V., 52, M.T., 45, e uma adolescente de 13 anos. Sob a mira de trabucos, a família foi presa dentro de um quarto. Tiveram as mãos e os pés amarrados, foram postos deitados na chón e tapados por um lençol.

Enquanto os parentes estavam amordaçados, os vadios fizeram a festa. Roubaram R$ 800 em cheques, laptops, filmadoras, computador, entre outros eletrônicos. Enfiaram a montoeira de coisas na caminhonete das vítimas, a Hilux, placa KAT 4718 (Porto Belo), e simandaram.

Um dos integrantes da família conseguiu se soltar minutos depois e chamou a polícia que saiu à caça dos bandidos.

  •  

Deixe uma Resposta