• Postado por Tiago

Um trio de assaltantes quase matou do coração um casal de véinhos, na noite de segunda-feira. Os trastes invadiram a casa de veraneio dos coitados, que fica no bairro Perequê, em Porto Belo, e lascaram o mãos ao alto. Eles fugiram levando R$ 1,2 mil e não foram encontrados pela puliça.

O vozinho e a vovozinha, que têm 81 anos cada um, são de Curitibanos, e mantêm uma casa na rua Pedro Claudino Ramos, no Perequê, pra quando querem curtir uma praia. Na segunda-feira, por volta das 23h, o casal, que aproveitou o feriadão no litoral, já tava se preparando pra dormir quando três malacabados invadiram a baia.

Os trastes tavam armados. Dois mostravam a cara feia e um deles tentava esconder o rosto com uma camiseta. Eles anunciaram o assalto e mandaram os idosos ficarem quietinhos enquanto procuravam alguma coisa de valor pra surrupiar.

Os véinhos ouviram quando um dos mequetrefes, depois de ter dado um bizu na baia, disse que tinham entrado na casa errada. Eles fugiram levando R$ 700 que tavam na carteira do vovô, mais 500 pilas que recheavam a carteira da vovó, e a chave do carro do casal. As vítimas não sabem dizer o que rolou, mas apesar de terem botado as mãos nas chaves, os bandidos siscapoliram diapé, sem levar a caranga.

Assim que se viram livres do bando, os idosos avisaram a puliça militar, que saiu à cata dos mulambentos. Os milicos bem que procuraram os trastes, mas não conseguiram achar nem sinal deles. O assalto foi registrado na depê de Porto Belo. As investigações vão rolar sob a responsa da puliça civil, que ainda não tem pistas de quem são os assaltantes.

  •  

Deixe uma Resposta