• Postado por Tiago

Dois trastes armados deram um baita cagaço no pessoal que fazia compras ontem à tarde no mercado Sol, em Itapema. Os mulambentos se passaram por clientes e anunciaram o assalto na hora de pagar a conta. Eles pegaram R$ 4 mil do caixa e siscafederam. Esta foi a terceira vez que o comércio foi vítima da bandidagem.

Era por volta do meio-dia quando os dois mequetrefes entraram no mercado, que fica na rua 246, na Meia Praia. Os bandidos passaram um bom tempo circulando entre as prateleiras e pegando um badulaque aqui e outro ali. Quando já tinham enchido a cestinha, seguiram pro caixa com cara de bons meninos.

Mas bastou chegarem mais perto da caixinha registradora, onde fica guardada a bufunfa da clientela, pros coisas-ruins tirarem dois berros dos bolsos e largarem o mãos ao alto. A mocinha que trampava no caixa não teve escolha senão passar pros bandidos toda a grana que tava guardada na maquininha, cerca de R$ 4 mil em dindim.

Os assaltantes pegaram toda a grana e siscaparam diapé. Mas bizolhudos de plantão disseram que os trastes viraram uma esquina e treparam numa motoca antes de desaparecerem de vez. A puliça militar foi chamada e saiu à cata dos bandidos, mas não encontrou nem sinal dos malencarados.

O gerente do mercado, R.T., contou que esta foi a terceira vez que o local foi vítima dos assaltantes. “Foram dois assaltos no ano passado e esse agora”, comentou. Ele disse que não sabe ao certo quanto os atraques já deixaram de prejuízo, mas garante que foi bastante.

R. revelou que o mercado tem segurança em horários mais complicados, como a hora do fechamento, mas nem isso tem afastado a bandidagem. Pra ele, falta polícia nas ruas. “Os bandidos não têm medo da polícia, esse é que é o problema. Se tivesse mais policiais na rua, pelo menos na área de comércio, acho que diminuiria a criminalidade”, acredita.

  •  

Deixe uma Resposta