• Postado por Tiago

INTERNA_7_abre_barco-marco-zero-afundado-por-ferribote-_foto-tito-livius-(6)

O pesqueiro foi arrastado pra margem esquerda

A galera que tava a bordo do ferri-bote Santa Catarina 13, na noite de sábado, se cagou toda com a barbeiragem que rolou em pleno rio Itajaí-Açú. Lá pelas 19h30, o ferri bateu contra o barco pesqueiro Marco Zero, que seguia em direção ao alto mar. ?Eu não sei se o barco não viu a gente vindo, mas quando estávamos chegando na margem de Navegantes, ele veio pra cima com tudo?, conta um dos funcionários da Empresa de Navegação Santa Catarina, que presenciou o acidente.

O marinheiro disse que o ferri-bote tava lotado e o povão que tava em cima sentiu o negócio tremer com o porradaço. ?O ferri não sofreu danos e conseguiu seguir viagem, mas o barco Marco Zero chegou a afundar porque a popa [parte traseira] se abriu?, relatou o marinheiro.

A capitania dos portos informou que o barco pesqueiro tinha a bordo três mil litros de óleo e acabou ficando encalhado próximo à margem esquerda do rio Itajaí-açu, pertinho da prefeitura de Navegantes. Pra evitar que o óleo vazasse e provocasse um desastre ambiental, a empresa Ecosorb montou uma barreira de contenção ao redor da embarcação.

Barco é de Santos

Os três tripulantes que estavam a bordo do barco pesqueiro de Santos não sofreram ferimentos e foram resgatados pelos funcionários do ferri-bote. O pesqueiro Marco Zero, com 14 metros de comprimento, foi arrastado ainda na noite de sábado até a margem do rio Itajaí-Açú, em Navega. O barco foi fortemente amarrado pra evitar que a correnteza o carregasse.

Na tarde de ontem, enquanto o ferri-bote que se envolveu no acidente trabalhava normalmente, o pessoal da empresa Ecosorb fazia o monitoramento do barco pesqueiro. A capitania dos portos informou que a retirada da embarcação terá que ser feita pelo proprietário, que tem responsabilidade de fazer um plano de resgate e enviar até a Marinha pra aprovação.

Até agora não se sabe de quem foi a culpa pela barbeiragem no rio Itajaí-açu. Um inquérito pra apurar os fatos já foi aberto pela delegacia da capitania dos portos. O mestre do ferri-bote e o mestre do barco de pesca já foram notificados e vão prestar depoimento hoje na sede da Marinha peixeira.

  •  

Deixe uma Resposta