• Postado por Tiago

Os trabalhadores do INSS em todo o País decidiram entrar em greve por tempo indeterminado a partir deste dia 16 de junho (terça-feira).  A Plenária foi conjunta também com os trabalhadores do Ministério da Saúde que aprovaram entrar em estado de greve.

A decisão de entrar em greve foi devido ao descumprimento de um acordo com o governo federal assinado em 2005 com o término da greve dos servidores.  No acordo, o governo prometia discutir a regulamentação da carreira dos trabalhadores, as condições de trabalho, a carga horária, entre outras medidas.  Mas o tempo passou, o governo não cumpriu o que prometeu e no dia 25 de maio baixou a Resolução nº 65, aumentando a carga horária dos trabalhadores do INSS de seis horas para oito horas e reduzindo os salários dos servidores que optarem por fazer seis horas.

Os servidores do INSS lutam pela manutenção da jornada atual de trabalho de seis horas, por concurso público, por melhores condições de trabalho e pela incorporação aos salários das gratificações que não levam para a aposentadoria, o que significa uma redução de 80% do salário ao se aposentarem.

  •  

Deixe uma Resposta