• Postado por Tiago

A exemplo de Porto Belo e Bombinhas, outras três cidades da região tão fora dos Jasc. Sem participar há muitos anos, tantos que nem a FME da city soube precisar, mais uma vez os atletas de Barra Velha vão ficar chupando o dedo. “Todos os anos a gente não participa. A gente fez a inscrição, mas tivemos uma contenção de gastos do município. A gente não tem um trabalho de base pra participar dos Jasc. Ano que vem vamos montar uma base pra disputar”, justifica Flávio José de Souza Leite, presidente da FME de Barra Velha.

Do ladinho da capital do pirão, Balneário Piçarras também nem vai sentir o cheiro das fazendas de Chapecó. “Não foi aprovado pela administração que atletas de fora representassem a cidade. O que temos hoje são atletas de escolinhas, o esporte de alto rendimento foi abandonado. Vai demorar três anos pra disputarmos os Jasc. Vamos ter que reestruturar tudo, começar do zero”, justifica Édson Costa, secretário de Turismo, Lazer e Esportes de Piçarras.

Pra completar a lista das citys da região que não vão pros Jasc deste ano, o município de Penha alega que a gripe A e a pouca grana destinada pro esporte foram os motivos da desistência. “Tínhamos feito pré-inscrição, mas devido ao período de gripe A e ao baixo orçamento pra participar das fases regionais pedimos desistência. Ano que vem vamos montar as equipes. Ficamos sentidos em não participar, mas realmente não tem como”, fala Sérgio Vieira, diretor de esportes da FME de Penha.

  •  

Deixe uma Resposta