• Postado por Tiago

INTERNA_11_abre-esquerda_-alagamento-rua-rio-do-sul_foto-leitor-(3)

Povão tem que dar uma de atleta pra passar pela esquina

Tem incomodado muita gente uma baixada entre a rua 3420 e a avenida Brasil, no centro do Balneário Camboriú. Toda vez que chove o trecho fica virado numa lagoa de tanta água que acumula. Com isso, os pedestres não conseguem passar e ficam ilhados na calçada. O reclamo foi feito ao DIARINHO pelo tradutor Cláudio Mazotti, 50 anos.

Cláudio mora no prédio da esquina das duas ruas e diz que toda vez que a chuvarada lava a região ninguém consegue atravessar o trecho. Uma espécie de lagoa se forma no local e fecha parte da rua 3240. ?Temos que passar pelo lado da avenida Brasil, que é perigosa, podendo ser atropelado a qualquer momento?, alerta.

O leitor afirma que sijuntou com outros moradores do prédio pra ligar pra secretaria de Obras, mas ninguém conseguiu ser atendido. ?Eles só sabem cobrar impostos e não fazem nada?, lascou, revoltado.

Ontem pela manhã, a reportagem foi até a esquina indicada pelo tradutor e comprovou o problema. Mesmo com a maior parte da água já tendo escoado, ainda era possível ver a lagoa que se formou no local. Nas paredes havia marcas da água, que chegou a atingir 10 centímetros acima do nível da calçada.

Grandes poças de água obrigavam os pedestres a saltarem quinem atletas, se não quisessem acabar com as pernas encharcadas. ?Agora está tranquilo, mas ontem à noite, quando choveu, não tinha como passar?, contou o turista Armando Paixão, 32 anos, que está hospedado ali perto.

Bizolhadinha

O secretário de Obras de Balneário Camboriú, Valmir Pereira, ficou surpreso com a ligação do DIARINHO informando sobre o perrengue. O abobrão anotou o local exato da baixada e se comprometeu a mandar uma equipe da secretaria dar uma bizolhadinha na situação. ?Vou pedir pra darem uma passada lá. Pode até ser problema na tubulação?, disse.

  •  

Deixe uma Resposta