• Postado por Tiago

Um homem literalmente caiu do cavalo e morreu. Delair Edson Togni, 43 anos, tava cavalgando às margens da BR-470, em Navegantes, na noite de uarta-feira, quando passou mal e desabou. Uma pessoa viu a cena e comentou que ele tinha morrido ao quebrar o pescoço na queda, mas o Instituto Médico Legal (IML) não confirmou a suspeita.

O acidente rolou por volta das 22h de quarta-feira. Delair tava lá na buena, dando uma banda com seu quatro-patas, quando caiu do cavalo. Pessoas que passavam pelo local foram socorrê-lo, chamaram a polícia militar e os bombeiros, mas não tinha nada a ser feito. Delair já tava morto.

O cara tava sem documento, mas no bolso carregava um boletim de ocorrência da polícia em seu nome. O IML foi chamado e recolheu o corpo. No instituto, descobriu-se que a causa da morte foi infarto. A família foi avisada e organizou o enterro.

Antes de sua morte, Delair já tinha sido notícia nas páginas do DIARINHO. No ano de 2006, ele bebeu além da conta e dormiu no quintal de uma casa no centro dengodengo. A PM foi chamada, o levou pra depê, onde foi descoberto que ele tava sendo procurado pela dona justa paulista por assassinato.

  •  

Deixe uma Resposta