• Postado por Tiago

Um tiroteio na BR-101 marcou a madrugada de ontem. Policiais meteram bala num carango de um suspeito durante uma perseguição. O motora andou na contramão em Balneário Camboriú, furou a barreira dos tiras e só foi detido em Itapema, depois de siscapar pela rodovia.

As peripécias começaram pelas 2h30. Os milicos informaram que a Courier, placa MJC 0910 (Nova Trento), passou chispada por uma barreira montada na avenida do Estado e quase passou por cima dos fardados. Ao notar que rolava algo, os tiras colaram na rabeta do suspeito, que não deu bola pro sinal de parada.

As baratinhas saíram atrás do sujeito e mandaram bala. Os milicos avisaram à polícia Rodoviária Federal (PRF). Um dos puliças fechou parte da BR com uma viatura e deu ordem de parada ao sujeito no quilômetro 140, já em Itapema. O condutor maluco nem deu bola e quase passou por cima do policial, que teve que pular pro lado pra não ser atropelado.

Pra não perder o fujão de vista, o PRF entrou na viatura e perseguiu o cara. Conseguiu abordá-lo já no quilômetro 151, na divisa com Porto Belo. Com Jeferson Romário Lauermann da Rosa, 31 anos, não foi encontrado nada de ilegal, mas assim que deram uma cafungada no bafo do motorista, os policiais descobriram por que ele fugiu tanto. O motora fez o teste do bafômetro que constatou 12,6 decigramas de álcool por litro de sangue, ou seja, ele tava mais bêbado que um gambá.

  •  

Deixe uma Resposta