• Postado por Tiago

com a psicóloga Taísa da Silva Cassol

Cada vez mais o e-mail tem sido utilizado como forma de comunicação entre as pessoas, tanto na vida pessoal como profissional.

Mas muitas pessoas confundem a maneira como escrevem a seus amigos, familiares, colegas com a forma como devem escrever e-mails profissionais. Daí, acabam escrevendo frases pela metade, palavras pela metade.

Frequentemente recebo e-mails de pessoas em busca de emprego com palavras abreviadas, frases iniciando com letras minúsculas, erros de digitação, entre outros equívocos.

Agora, analise comigo: se você está a procura de um emprego e se está escrevendo para um colega, é a mesma situação? Absolutamente não! Com seus colegas você tem liberdade, tem uma relação informal. Agora, se está procurando um emprego, escrevendo para um colega de trabalho ou para seu chefe, certamente deve demonstrar seriedade, responsabilidade e comprometimento com o assunto que está sendo tratado.

Taísa da Silva Cassol é psicóloga clínica e organizacional – CRP 12/06288

[taisapsico@gmail.com]

Como escrever um bom e-mail

1-Seja claro na mensagem que precisa ser enviada. Para isso saiba exatamente o que quer dizer e utilize frases curtas. E-mails muito longos tendem a ser cansativos e não lidos por inteiro.

2-Caso tenha mais de um assunto para repassar, utilize alguma forma de separação. Enumere os assuntos, por exemplo, e os coloque em parágrafos separados. Dê um espaço entre um assunto e outro. Dessa forma, fica mais claro os temas que estão sendo tratados e a visualização fica melhor.

3-Não utilize abreviações, frases e palavras pela metade. Lembre-se que está escrevendo um e-mail profissional e não para um amigo.

4-Leia sempre o e-mail inteiro antes de enviar, para certificar-se de que não há erros de português e de digitação.

5-Adiante sempre o assunto no local indicado. Dessa forma ao abrir a caixa de e-mail, o destinatário saberá do que se trata sua mensagem.

6-Caso precise enviar um anexo, esteja atento ao programa utilizado, pois alguns programas não são comuns ou muito utilizados e o destinatário não conseguirá visualizá-lo.

  •  

Deixe uma Resposta