• Postado por Tiago

Aposentados, pensionistas e demais beneficiários que recebem por meio de cartão magnético e não sacam o benefício 60 dias após a data do crédito ficam impedidos de retirar o dinheiro. É que, por medida de segurança, o banco devolve o valor ao Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), que bloqueia o pagamento até que o segurado procure o Agência da Previdência Social (APS) pra regularizar a bronca. 

O bloqueio é uma garantia para evitar o pagamento indevido e qualquer tentativa de fraude, como o saque do valor por outra pessoa sem que o beneficiário saiba.  

O segurado que recebe o benefício com cartão magnético deve ficar atento às normas de segurança. O cartão é seguro, facilita o saque do benefício, mas requer atenção. Em hipótese alguma deve se fornecer a senha a terceiros. Como nos cartões da rede bancária, a senha não deve ter sequências previsíveis, tais como data de nascimento, número de telefone ou qualquer outra dica fácil pros espertos de plantão. 

O INSS recomenda que, em caso de dúvida no momento do saque no terminal de autoatendimento, o segurado procure um funcionário do banco e nunca procure ajuda de outras pessoas. 

A modalidade de pagamento com cartão não é conta corrente. Não há tarifa. Além do cartão magnético, há duas formas de recebimento, que são o depósito em conta corrente e o Pagamento Alternativo de Benefício (PAB), por meio de ordem de pagamento.A opção é indicada pelo segurado no momento da requisição do benefício na APS.

  •  

Deixe uma Resposta